quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

VICE-PRESIDENTE DA ALBA CRITICA JUDICIALIZAÇÃO DA PEC DA PREVIDÊNCIA: ‘SEM SENTIDO’

Foto: Luiza Lopes/bahia.ba

    O vice-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), Alex Lima (PSB), criticou o mandado de segurança impetrado pelo deputado estadual Soldado Prisco (PSC) e deferido pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), que determinou a suspensão da tramitação da reforma da Previdência estadual na Casa.
    A decisão liminar (provisória) —proferida no domingo (26)— é da desembargadora Dinalva Gomes Laranjeira Pimentel.
    Para Lima, mais uma vez, a “judicialização da política entra em cena”.
   “Já é a segunda vez. A judicialização da política está virando um problema no país. Não há motivo para o mandado de segurança, todos os ritos foram cumpridos, todos os prazos foram cumpridos na Casa. Não vejo sentido e lamento essa judicialização”, ressaltou ao bahia.ba nesta terça-feira (28).
FONTE: BAHIA.BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário