terça-feira, 7 de abril de 2020

GUEDES DEFENDE CONGELAMENTO DE SALÁRIOS DO SETOR PÚBLICO POR DOIS ANOS

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

    O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu durante videoconferência com congressistas do DEM, o congelamento dos salários do setor público durante dois anos como forma de contribuir para redução de despesas neste período de combate ao coronavírus.
    Segundo o blog de Valdo Cruz, no portal G1, a defesa do ministro é uma contraproposta à ideia, que já circulou dentro da própria equipe econômica e é defendida por alguns parlamentares e economistas, de corte imediato dos salários dos servidores públicos.
    Técnicos da Economia chegaram a propor uma redução de 25% durante este ano. O deputado Ricardo Barros (PP-PR) defende uma redução de 30% dos vencimentos de todo setor público, incluindo Executivo, Legislativo e Judiciário.
    Durante a reunião no domingo (5), o ministro afirmou aos congressistas do DEM que o presidente Jair Bolsonaro não apoia a redução dos salários e que, no final, teria praticamente o mesmo impacto na redução das despesas de um congelamento pelo período de dois anos.
FONTE: BAHIA.BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário