sexta-feira, 8 de maio de 2020

RUI ANUNCIA 'AUXÍLIO' DE R$ 500 A PESSOAS COM COVID-19 PARA FREAR DISSEMINAÇÃO DO VÍRUS

Rui anuncia 'auxílio' de R$ 500 a pessoas com Covid-19 para frear disseminação do vírus

    A fim de conter a disseminação do novo coronavírus e evitar o colapso do sistema de saúde da Bahia, o governador Rui Costa (PT) anunciou um auxílio de R$ 500 a pessoas diagnosticadas com a Covid-19 e ainda monitoradas pela vigilância epidemiológica, os chamados casos ativos. O objetivo dessa espécie de "voucher" é fazer com que elas cumpram o isolamento a rigor em um local pré-definido e não transmitam o coronavírus a outras pessoas.

    Em coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (7), o governador afirmou que vai enviar o projeto de lei para a Assembleia Legislativa (AL-BA) ainda hoje, mas já está em contato com os gestores municipais para articular a execução da proposta.

   "A primeira metade será paga no sétimo dia [de isolamento] que ela estiver no ambiente e a outra metade no 14º dia. (...) Focando nas cidades com maior número de casos e, evidente, vendo qual o espaço que nós temos para ofertar a cada pessoa", explicou. O pagamento será feito em parceria com as prefeituras.

     Conforme acordado com o prefeito ACM Neto (DEM) em reunião nesta manhã, em Salvador, metade do benefício será pago pelo governo e a outra metade pela gestão municipal. Por concentrar o maior número de casos da doença, o limite de beneficiários na capital será de mil pessoas.

HABILITAÇÃO
      Segundo o governador, após a confirmação do caso, haverá uma espécie de “busca ativa” dos pacientes. “A equipe de saúde da prefeitura contatará a pessoa para que ela seja levada para o local de atendimento. Quando chegar no local, vai ser feito o cadastro e a partir dali estará habilitada a receber os benefícios”, que inclui ainda uma cesta básica por semana.

     “O objetivo é dar uma quebra na curva neste exato momento, evitando que a pessoa que mora num conjunto habitacional, [por exemplo], acabe espalhando na comunidade o vírus. Por isso que tem número máximo de pessoas a serem beneficiadas”, detalhou Rui. No caso das demais cidades, o limite será medido pelo número de casos ativos registrados até o momento.

FONTE: BAHIA NOTÍCIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário